Translate

terça-feira, 7 de junho de 2016

8ª Taça de Portugal para a Casa Pia

Final Four da Taça de Portugal 2016



Casa Pia venceu a Taça de Portugal, numa réplica da final de 2015, frente ao Mouraria

Casa Pia vence a Taça de Portugal 2016 Foto: Guilherme Oliveira

A Taça de Portugal decorreu no Pavilhão Januário Barreto da Casa Pia de Lisboa em Belém, com a participação da equipa da casa e detentora do mesmo troféu, a Casa Pia Atlético Clube, a finalista de 2015 o Grupo Desportivo da Mouraria, a Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines que participa pela segunda vez e pela estreante Casa do Povo de Martim.

As meias finais da Final Four da Taça de Portugal de 2016 foram constituídas da seguinte forma: 

MF1 - Grupo Desportivo da Mouraria vs Casa do Povo de Martim;
O Grupo Desportivo da Mouraria apresentou uma equipa forte orientada pelo Treinador Carlos Nunes, que ao fim de 12 anos subiu em cima do tapete para combater ao lado de Ricardo Figueiredo, Emanuel Júnior e João Andrade para enfrentarem a estreante Casa do Povo de Martim, conduzidos pelo, também, Treinador e Lutador Carlos Rodrigues e os restantes tripulantes João Sá, Mário Oliveira, Rúben Pimenta e Valter Silva. Foi um encontro bastante renhido, tendo o resultado sido bastante imprevisível até ao fim, onde qualquer formação poderia carimbar o passaporte para a final, mas foi os Guerreiros da Mouraria a vencerem pelo resultado de 4-2.

MF2 - Casa Pia Atlético Clube vs Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines.
A consagrada Casa Pia AC orientada pelo Treinador Hugo Passos e Rui Passos e constituída pelos lutadores João Carvalho, Adrian Roman, Zoltan Scholle, David Coelho, João Ramalho, Rui Soares, Guilherme Oliveira, Vyacheslav Suschchyk e Bruno Anselmo, carimbaram o bilhete para a final vencendo a Casa do Povo de São Bartolomeu de Messines, orientados pelo Treinador Fernando Coelho e pelos lutadores Rui Santos, Bruno Prates e Jorge Prates, por 4-2.

Na repetição da final de 2015, entre os Gansos e os Guerreiros, foi emotiva e competitiva, tendo a equipa da casa um maior público vibrante em seu apoio.

A final foi assim disputada entre estas duas equipas:
Na primeira volta em Livre Olímpica, a Casa Pia ganha o primeiro ponto num combate em que o João Carvalho vence por Assentamento de Espáduas o Ricardo Figueiredo. 

No combate seguinte, novo ponto para os Gansos, onde Zoltan Scholle, voltou aos tapetes depois de um ano parado, para vencer por Assentamento de Espáduas o Emanuel Júnior.

O próximo ponto de novo para a equipa da casa, onde Rui Soares vence aos pontos o João Andrade, num total de 13-3.

Terminando a primeira volta e já com um total de 3-0, a Mouraria teria que passar ao ataque, mas em Greco Romana, o domínio se manteve.

João Carvalho, voltou também aos tapetes, para vencer o Ricardo Figueiredo por Grande Superioridade Técnica num total de 10-0. 

Por Assentamento de Espáduas venceu o David Coelho o Emanuel Júnior.

No último combate, o ponto foi de honra, para a Mouraria, onde João Andrade venceu o Guilherme Oliveira por Assentamento de Espáduas, terminando o encontro em 4-1.

No final a Casa Pia Atlético Clube levantou a Taça de Portugal 2016, para o entusiasmo dos apoiantes que estavam na bancada.

Em termos de curriculum quem detém o maior número de Taça de Portugal é o Sporting Clube de Portugal com 9, seguido da Casa Pia Atlético Clube agora com 8 taças e o Clube Musical União com 3 troféus.
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal