Translate

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

4 anos depois Gansos são Campeões Nacionais

Casa Pia vence Título que foge à 4 anos

A Casa Pia Atlético Clube venceu o Campeonato Nacional por Equipas de 2015 numa única jornada frente à Associação Portuguesa de Ciências de Combate pelo resultado de 28-5.

Equipa Campeã Nacional por Equipas de 2015

A competição decorreu no Pavilhão Desportivo da Escola Básica e Secundária de Santo António no Barreiro no dia 12 de Dezembro.

Para participar nesta competição, inscreveram-se apenas duas instituições, numa prova onde o MLO previa que pudessem participar sete, como comprovamos aqui: Antevisão CNE 2015

Participaram então nesta prova, que atribui o Título de Campeã Nacional por Equipas das Lutas Olímpicas a equipa que considerávamos a favorita a arrecadar o título, a Casa Pia Atlético Clube, onde juntou este título à Supertaça e Taça de Portugal de 2015 e a Associação Portuguesa de Ciências de Combate que nós prevíamos que fosse a surpresa, pela sua estreia nesta competição.

Previa-se que, apesar de uma ser a favorita e a outra realizar a sua estreia, a única jornada, de duas voltas, em Livre Olímpica e em Greco Romana, fosse renhida na medida em que a formação do Barreiro, que é Bi-Campeã Nacional por Equipas em Mixed Marcial Arts (MMA) realiza-se um boa replica na vertente da Livre, embora o grande domínio da equipa de Belém.

Passando aos factos, a equipa da Casa Pia Atletico Clube alinhou com Adrian Roman, Hugo Passos, João Carvalho, João Ramalho, Tony Farlan, David Coelho e Rui Soares, liderados pelo Treinador e Lutador Hugo Passos.

O alinhamento da Equipa do Barreiro, orientados pelo Treinador Luís Barneto, foi com o Sérgio Júnior, com o internacional em MMA o Filipe Catanho, com o Milton Mateus e com o Bruno Moreira.

Em termos de competição, o embate fez-se da seguinte forma:

1ª Volta - Estilo Livre 

Nos 66Kg a CPAC apresentou o  Adrian Roman, um atleta muito experiente, ex-internacional romeno e com um enorme currículo tanto como na Roménia como já em Portugal onde conta com 5 Campeonatos Nacionais, 3 Taças de Portugal e 2 Supertaças, vence por Assentamento de Espáduas o Sérgio Júnior da APCC, dando assim o primeiro ponto à Equipa de Belém. CPAC 1 (4) - APCC 0 (0);

Um combate entre internacionais portugueses de duas modalidades distintas, mas que adaptam perfeitamente, Hugo Passos em Greco Romana de um lado e do outro o Filipe Catanho de MMA. Era a disciplina indicada para que Catanho conquista-se um ponto para a formação do Barreiro, mas do outro lado estava mesmo o lutador com mais experiência da modalidade e que não lhe deu qualquer oportunidade de executar algo, tendo perdido por Assentamento de Espáduas. CPAC 2 (8) - APCC 0 (0);

Nos 85Kg João Ramalho da Casa Pia perde por Assentamento de Espáduas com o Milton Mateus, estava assim feito o primeiro ponto para o Barreiro. CPAC 3 (8) - APCC 1 (4);

Nos 98Kg poderia ser o empate, mas o Tony Farlan num momento de sorte consegui imobilizar o Bruno Moreira e vencer o combate por Assentamento de Espáduas, até ao momento estava bastante renhido com muitas técnicas a surgir. CPAC 3 (12) - APCC 1 (4).

2ª Volta - Estilo Greco Romana 

Nos 66Kg, João Carvalho que recentemente fez o Juramento da Bandeira na Academia Militar apresentou-se bastante forte e venceu Sérgio Júnior por Grande Superioridade terminando por 8-0. CPAC 4 (16) - APCC 1 (4);

Mais um combate entre internacionais portugueses, o Hugo Passos e o Filipe Catanho de MMA e o mesmo desfecho, vitória de Passos por Assentamento de Espáduas. CPAC 5 (20) - APCC 1 (4);

Nos 85Kg, a Casa Pia trocou o seu lutador e apostou no David Coelho, na categoria que já tinham perdido pontos frente ao Milton Mateus. Foi uma aposta feliz, já que David venceu por Assentamento de Espáduas. CPAC 6 (24) - APCC 1 (4);

Nos 98Kg um combate que já não iria mudar nenhum resultado, tendo já a Casa Pia garantido a sua vitória, desta feita foi a vez de Rui Soares vencer por Grande Superioridade o Bruno Moreira, que ainda arrecada um ponto para a classificação final de 28-5. CPAC 7 (28) - APCC 1 (5).

A festa foi feita, pela Casa Pia Atlético Clube pela sexta vez em 10 anos (2005/2007/2008/2009/2010/2015) e em segundo lugar fica a Associação Portuguesa de Ciências de Combate, que está de parabéns pela sua coragem e determinação e continue a participar em Provas por Equipas, não só em MMA como em Lutas Olímpicas

Para ajuizar este campeonato a Equipa de Arbitragem foi constituída pelos Internacionais João Costa e Rui Marta, pelos Nacionais Eugénio Bernardes, Frederico Bastos, Carlos Araújo, Paulo Leão e Paulo Dores.

Foto: Hugo Passos

Histórico do Campeonato Nacional 
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal