Translate

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Hugo Passos é Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

Presidente da República agraciou Atletas Olímpicos e Paralímpicos

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, agraciou, na manhã de 27 de maio, vários atletas olímpicos e paralímpicos numa cerimónia de Homenagem Nacional ao Desporto, que teve lugar no Picadeiro Real, no Antigo Edifício do Museu dos Coches, tendo ainda sido agraciados o Comité Olímpico de Portugal e Comité Paralímpico de Portugal.


A cerimónia começou com a exibição de um vídeo onde se mostravam alguns dos maiores feitos do desporto nacional nos últimos 40 anos, tendo-se seguido as intervenções do Presidente do Comité Paralímpico de Portugal, Humberto Santos, do representante dos Atletas Paralímpicos, Nélson Lopes, do Presidente do Comité Olímpico de Portugal, José Manuel Constantino (discurso disponível no final da notícia), e do representante dos Atletas Olímpicos e Presidente da Comissão de Atletas Olímpicos, João Neto.

Seguiu-se a intervenção do Presidente da República que considerou que o desporto deve ser visto como um exemplo para motivar os portugueses. “Os desportistas são um exemplo que deve motivar os portugueses, incutindo-lhes ânimo e confiança. O que distingue um desportista de exceção é, para além do talento, a sua fibra. Para alcançarem tantas e tão expressivas vitórias, os nossos homenageados tiveram de lutar muito, de trabalhar muito. Tiveram, acima de tudo, de acreditar neles próprios e nas suas capacidades. Tiveram, em suma, a coragem que é própria dos vencedores”

Após o discurso de Cavaco Silva, teve lugar a cerimónia de condecoração dos vários atletas e entidades, que receberam as seguintes insígnias:

– Nélson Évora – Grã-Cruz da Ordem do Infante D.Henrique

– Carlos Lopes – Grande Oficial da Ordem do Infante D.Henrique

– Emanuel Silva – Grande Oficial da Ordem do Infante D.Henrique

– Fernando Pimenta – Grande Oficial da Ordem do Infante D.Henrique

– Francis Obikwelu – Grande Oficial da Ordem do Infante D.Henrique

– José Manuel Gentil Quina – Grande Oficial da Ordem do Infante D.Henrique

– Mário Gentil Quina – Grande Oficial da Ordem do Infante D.Henrique

– Vanessa Fernandes – Grande Oficial da Ordem do Infante D.Henrique

– Francisco Rebelo de Andrade – Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

– Hugo Passos – Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

– João Alves – Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

– Nuno Delgado – Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

– Olga Pinto – Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

– Paulo Coelho – Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

– Rui Costa – Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

– Rui Silva – Comendador da Ordem do Infante D.Henrique

– Comité Olímpico de Portugal – Membro-Honorário da Ordem do Infante D.Henrique

– Comité Paralímpico de Portugal – Membro-Honorário da Ordem do Infante D.Henrique

Nélson Évora, campeão olímpico em Pequim 2008, agraciado com a mais importante insígnia das que hoje foram atribuídas pelo Presidente da República, fechou a cerimónia com uma curta intervenção em nome dos vários atletas agraciadas, não se esquecendo de referir os vários atletas que diariamente competem por Portugal e que dão o seu melhor na defesa das cores nacionais.

A plateia lotou por completo a sala da cerimónia, com mais de duas centenas de figuras ligadas ao desporto, como as campeãs olímpicas Rosa Mota e Fernanda Ribeiro, o medalhado olímpico Armando da Silva Marques, entre outros grandes nomes do desporto nacional como Telma Monteiro, Naide Gomes ou Vítor Baía. Estiveram ainda representadas a grande maioria das federações desportivas nacionais, bem como de comités, confederações, associações, instituições de ensino superior de Desporto, ligas e sociedades mobilizadoras e promotoras da atividade desportiva em Portugal. Estiveram ainda presentes o Ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, Luís Marques Guedes, o Secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro, e o Secretário de Estado da Solidariedade e da Segurança Social, Agostinho Branquinho.

A importância transversal do Desporto na vida dos cidadãos, a sua capacidade de congregar os Portugueses, nomeadamente na Diáspora, e o seu papel na afirmação externa do País irão ser evidenciados nesta cerimónia.

Fonte: COP
Foto: COP
Foto: Hugo Passos

ORDEM DO INFANTE D. HENRIQUE

A Ordem do Infante D. Henrique destina-se a distinguir quem houver prestado serviços relevantes a Portugal, no País e no estrangeiro, assim como serviços na expansão da cultura portuguesa ou para conhecimento de Portugal, da sua História e dos seus valores.

O Grande-Colar da Ordem do Infante D. Henrique é o mais alto grau da Ordem e é concedido pelo Presidente da República a Chefes de Estado estrangeiros. O Grande-Colar pode ainda ser concedido pelo Presidente da República a antigos Chefes de Estado e a pessoas cujos feitos, de natureza extraordinária e especial relevância para Portugal, os tornem merecedores dessa distinção.

Comendador
Insígnias


Fita / Laço: o distintivo da Ordem suspenso de fita tripartida em faixas iguais, das cores azul, branca e negra, dispostas em pala, pendente do pescoço, ou de laço, para as senhoras.

Placa: placa prateada, em forma de resplendor de raios, tendo ao centro um círculo de esmalte branco carregado da cruz da Ordem, contido por listel circular negro, realçado a ouro, com o mote “Talant de bien faire”, em caracteres dourados.

São ainda insígnias do grau de Comendador a miniatura e a roseta, com as cores da Ordem, com galão de prata.



Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal