Translate

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

A a Z de 2014 nas Lutas Olímpicas

A a Z de 2014 nas Lutas Olímpicas


ALADS – A Associação de Lutas Amadoras do Distrito de Setúbal no ano que completou os seus 10 anos, esteve imparável em todos os nível, nem a demissão de dois Dirigentes e do Diretor Técnico abalaram o restante grupo liderados pelo Fernando Carreira, tendo terminado o mandato com um sentimento de “missão cumprida”. Os seus eventos foram organizados com enorme excelência, destacando-se o Campeonato Regional de Greco Romana e Livre Feminina, o Olympic Wrestling Challenge, o LUTAGI, a Taça de Portugal e a inesquecível 10ª Taça ALADS.

Braga – A Associação de Braga, apesar de não ter conseguido crescer em número de clubes filiados, cresceu num só clube a sua quantidade e qualidade. A Casa do Povo de Martim está a conseguir realizar esse trabalho, sob o comando do Treinador Carlos Rodrigues. Este para além dos destaques de 3 Campeões Nacionais de Luta Livre (2 Masculinos e 1 Feminino), o 3º Lugar na Taça da Juventude e o 3º na Taça FPLA, realizou a única competição de âmbito internacional em Portugal, que teve um grande número de participantes como de coletividades e ainda um altíssimo nível de competividade.

Campeonato do Mediterrânio – As seleções de Portugal de Greco Romana e Livre Feminina, com o lema "Orgulho no Passado e Confiança no Futuro", participaram no Campeonato do Mediterrânia e arrecadaram 5 Medalhas de 6 possível (3 de Bronze e duas de Ouros) e ainda a Taça de segundo lugar por “equipas”. Liliana Santos e a Vânia Guerreiro foram as medalhistas de ouro, os de bronze foram, o Hugo Passos, o Daniel Caldas e o Reginaldo Santos, em 5º lugar ficou o Pedro Caldas;

Depois de 2014 – Como será o ano 2015?

Especial – O ano de 2014 foi especial ao ponto de existir várias mudanças a nível Nacional e Internacional, tanto em termos individuais e coletivos. Foi um ano rico nos termos individuais como poderemos contar pelas personalidades aqui apresentadas. Esperamos que com isto se sintam especiais e que desenvolvam pela positiva a sua imagem, porque se eles estão bem, a modalidade está bem.

Faro – Faro, tem três equipas em ativo e neste ano conseguiram resultados de relevo e inéditos. Resultados como 7 Campeões Nacional, 2 em Greco Romana, 3 em Livre Feminino e outros 2 em Livre Masculino, tiveram o Finalista Vencido da Taça de Portugal, pelo segundo ano consecutivo, também o Vice-campeão Nacional por Equipas e venceram 4 de 5 categorias do Ranking Nacional. Decerto um ano para recordar.

Gansos – A melhor Equipa da Década de 2000 a 2010, a Casa Pia Atlético Clube sofreu uma
alteração no início do ano na sua Equipa Técnica, o Treinador do David Maia, que durante 10 anos assumiu o leme, deixando para Hugo Passos e Luís Alves essa responsabilidade. Na primeira competição, conquistaram a VII Supertaça Fernando Gaspar, frente ao detentor das últimas duas o Clube Musical União, subindo o total para 5 conquistadas. Já na competição da Taça de Portugal ficaram pelas meias-finais tendo perdido com a mesma equipa que tinham ganho na Supertaça;

Hugo Passos – Será difícil de deixar o Hugo Passos de fora do melhor que aconteceu em 2014 ou em toda a história das Lutas Olímpicas. Em 2014 aumentou o seu “grandioso” currículo, ficando com, 5 Supertaças, 19 Campeonatos Nacionais Individuais de Luta Greco Romana e 10 de Luta Livre, a nível internacional conquistou o Bronze no Campeonato do Mediterrâneo e ficou em 25º no Campeonato Europeu e 27º no Campeonato do Mundo. Na última competição do ano, ele e o seu companheiro João Mimoso ganharam a Taça de Braga entre 10 Equipas, tendo o Hugo lutado e vencido 9 lutadores. Em condecorações recebeu o “Prémio de Obtenção de Resultados de Mérito Desportivo 2013” do Comité Olímpico de Portugal, a Medalha "Atleta Campeão" da Casa Pia de Lisboa e assinou o Contrato-Programa para os Jogos Surdolímpicos Ankara 2017;

IV – Quatro em numeração romana, simboliza o quarto Campeonato Nacional consecutivo ganho pelo Clube Musical União, liderado pelo Rui Soares e Mário Lopes, frente à Equipa Algarvia o Silves Futebol Clube. Os novos Campeões Nacionais são, Hélder Pinto, Adrian Roman, Miguel Leirão, Zoltan Scholle, Nuno Pina, Rui Soares e Guilherme Oliveira

João Costa – Nesta modalidade existe dois “João Costa” um que é exclusivamente Árbitro e um outro que é multifuncional. Ambos estiveram em destaque este ano por diferentes razões, João Carlos Costa é Árbitro Internacional e esteve em relevo no Grand Prix da Espanha como Chefe de Tapete e participou no Estágio Internacional de Controlo. Em Novembro venceu o prémio de “Personalidade do Ano” que lhe foi atribuído pela Confederação do Desporto de Portugal na Gala do Desporto de 2014 no Casino Estoril. O outro é o João Vitor Costa, que além de ser, também Árbitro, foi nomeado pela Associação de Setúbal (ALADS) como Diretor Técnico Regional, tendo realizado algum trabalho de destaque na região;

KSV Götzis – David Maia saiu em 2013 de Portugal e emigrou para a Áustria, deixando a Seleção Nacional de Greco Romana e a Equipa Técnica da Casa Pia Atlético Clube. Na Áustria, consegue uma colocação como Treinador Principal da Equipa B do Götzis e na sua estreia no Campeonato Nacional da Segunda Divisão, a “Ringen 2. Bundesliga” e ao fim de 10 jornadas (6 vitórias e 4 derrotas) terminam como Vice-campeões, atrás do líder KSK Klaus. Mantendo assim o que nos habituou, com vitórias e êxitos;

Luís Fontes – O atual Selecionador Nacional da Luta Livre Feminina e Treinador do Sport Lisboa e Benfica, abraçou dois, fortes, projetos em 2014. Em Janeiro recebeu a Seleção de Greco Romana deixada pelo Mestre David Maia e em Agosto foi convidado pela UWW (Federação Internacional) a integrar a Comissão Internacional de Treinadores, sendo Formador Internacional de Treinadores. Em termos de resultados principais, destacamos a participação no Campeonato do Mediterrâneo com um 2º Lugar na geral por Países e as 5 medalhas de 6 possíveis, sendo duas de ouro e o 10º Lugar da Vânia Guerreiro no Campeonato do Europa;

Megas Estágios – A Federação Portuguesa de Lutas Amadoras implementou uma novidade nos Calendários Nacionais, iniciativas como os Megas Estágios, também chamados de Campos de Treino, dando assim a possibilidade de vários lutadores adquirirem mais experiência e também a oportunidade de trabalharem com o Selecionador Nacional. De continuar;

Nenad Lalovic – Lalovic foi o último presidente da International Federation of Associated Wrestling Styles (FILA) e é o primeiro da nova Federação Internacional a United World Wrestling (UWW), ou seja, foi eleito pelo prazo remanescente de dois anos para preencher a presidência após a renúncia do presidente FILA Raphael Martinetti em 2013 e foi eleito agora para um mandato de seis anos na UWW a 7 de setembro de 2014 em Tashkent, Uzbequistão. Até agora tem realizado um excelente trabalho em prol da modalidade a nível internacional;

Olympic Wrestling Challenge – A mais recente competição da modalidade, integrada no IV Festival de Artes Marciais e Desportos de Combate que se realizou no Barreiro, foi organizada pela Associação Portuguesa de Ciências de Combate com a coorganização da Associação de Lutas Amadoras do Distrito de Setúbal. A participação nesta competição é feita por convite, tendo sido escolhidos os melhores lutadores do País, foram disputados 8 combates tendo os seguintes vencedores: Diogo Merca e Pedro Bastos, ambos do Sport Lisboa e Benfica, Diogo Pinto e Kevin Scholle ambos do Clube Musical União e a Vanessa Pereira da Sociedade Recreativa da Baixa da Serra;

Pedro Silva – Um ano depois de ter assumido a liderança da Federação Portuguesa de Lutas Amadoras e ser nomeado como Secretário-geral do Executivo do Comité Mediterrânio de Lutas Associadas, um órgão auxiliar da Federação Internacional de Lutas Associadas, o Professor foi este ano em finais de Julho, Diretor de Competição de Lutas Olímpicas da XX Commonwealth Games – Glasgow 2014, num encontro de várias modalidades para Países com a Língua Oficial Inglesa. Foi também nomeado pela United World Wrestling para elaborar um Guião de Organização e Realização de Competições Internacionais;

Quatro – Foi o número de Equipas Espanholas que estiveram em Portugal para participar na Taça de Braga, foram elas, o Club Loita Cidade Vigo, Club Lucha El Castro, Club Sabaris e a Escola Ayude. Nesta competição arrecadaram o primeiro e o segundo lugar na Taça Feminina pelo CLC Vigo e o CL El Castro e ainda o terceiro lugar na Taça Masculina pelo CLC Vigo.

Ricardo Rodrigues – Lutador dos anos 90, assumiu o comando principal da Sociedade Recreativa da Baixa da Serra, Moita no início do ano, após, o histórico, Mestre Lídio Alecrim ter-se reformado. O desafio é enorme, terá no mínimo de manter a reputação da equipa a nível nacional, já que o Currículo e a História deste clube são enormes. Destaque para a formação de mais de 70 Campeões Nacionais Individuais, 7 participações nos Campeonatos de Portugal, tendo sido Campeã em 2006 (Ricardo fazia parte da Equipa) e dois vices em 2008 e 2010, 5 participações na Taça de Portugal, tendo estado em 4 Finais e 5 Supertaças “Fernando Gaspar como Finalista vencido. Mas Ricardo Rodrigues não cedeu à pressão e depois de algumas desistências na Equipa, conseguiu arrecadar bons resultados, tendo os destaques coletivos para a conquista da Taça Feminina da Taça ALADS, a conquista da Taça da FPLA e a formação de 3 Campeãs Nacionais de Luta Livre Feminina e ainda uma Vencedora do Ranking Nacional de Absolutas. Vem mais um ano, continua o desafio;

Scholle – O Búlgaro Kevin Scholle, Lutador e Mestre do Clube Musical União, deslocou-se ao seu País Natal para se consagrar Campeão Nacional de Veteranos na Categoria “A”. Por intermédio dessa participação, foi convocado a integrar a Seleção Nacional para participar no Campeonato do Mundo de Veteranos, mas uma lesão, contraída na Taça de Portugal, o impossibilitou de participar. O seu Currículo Individual contém 1 Campeonato Nacional da Bulgária de Greco Romana e 3 de Luta Livre Masculina, a nível coletivo tem 2 Supertaças “Fernando Gaspar”, 3 Taças de Portugal e 3 Campeonatos de Portugal;

Taça de Portugal – A Taça de Portugal foi realizada com cinco equipas, tendo a estreante Junta de Freguesia de Casal de Cambra e a Casa Pia Atlético Clube a ficarem nas meias-finais, tendo a última no Play-off vencido o consagrado Sport Lisboa e Benfica. A final foi vencida pelo Clube Musical União frente ao repetido finalista de 2013 a equipa algarvia, o Silves Futebol Clube;

United World Wrestling – A Federação Internacional de Lutas Associadas (FILA) foi oficialmente modificada para "United World Wrestling". Esta mudança está a passar uma mensagem mundial de que a modalidade está mais interativa, renovada, dinâmica e com novo espírito;

Vânia Guerreiro – A Lutadora do Sport Lisboa e Benfica teve um excelente ano em termos de resultados nacionais e internacionais. Aumentou para 7 o número de Campeonatos Nacional de Luta Livre e contínua invicta em Portugal. A nível internacional consagrou-se Campeã do Mediterrânio, prova que já venceu por duas vezes, classificou-se em 10º no Campeonato da Europa e em 14º no Campeonato do Mundo. Uma lutadora de topo.

Wrestling All Star - Os vencedores desta 7ª edição foram: na Categoria “O Praticante Campeão All Star” os vencedores foram o João Pina do Clube Musical União e a Liliana Santos do Sport Lisboa e Benfica e da Categoria “PluriAnima Jovem All Star” foram a Cheila Maria da Sociedade Recreativa da Baixa da Serra e o Pedro Caldas do Sport Lisboa e Benfica;

Zapping – Tudo o que quer saber sobre esta modalidade desportiva, está no Mundo da Luta Olímpica com os seus Blogs, no Facebook e na Revista. Acompanha a próxima época 2015. MLO sempre em cima das Lutas Olímpicas!

O Mundo da Luta Olímpica comemora o 7º ano de vida. São sete anos a divulgar a modalidade em todas as frentes
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal