Translate

sábado, 27 de dezembro de 2014

Super 8

United World Wrestling lança campanha “Super 8” para promover participação de mulheres na Luta Olímpica

Citando a crescente participação entre as mulheres no wrestling e um foco institucional renovado na igualdade de gênero, a United World Wrestling lançou uma campanha para se concentrar no desenvolvimento das mulheres no esporte em todo o mundo.

A campanha “Super 8”, nomeada em parte por causa do número de embaixadoras liderando a iniciativa mundial, vai ser lançada no dia 14 de janeiro com uma apresentação especial no Museu Olímpico, em Lousanne (SUI), e concluirá no Dia Internacional da Mulher, 08 de março, durante a Copa do Mundo Feminina, em São Petersburgo (RUS).

A exposição no Museu Olímpico incluirá painéis de discussões com as embaixadoras, manifestações desportivas, e recursos interativos para mostrar o desenvolvimento do wrestling feminino.

“Pretendemos ser um líder no desenvolvimento de oportunidades no wrestling para as mulheres de todo o mundo”, disse o presidente da United World Wrestling, Nenad Lalovic.

“Nosso esporte será ativo e bem sucedido no apoio às mulheres de todas as idades que queiram participar no wrestling. Estamos fazendo deste um dos principais compromissos da nossa organização daqui para frente.”

A United World Wrestling pretende alcançar diversos objetivos durante os dois meses da campanha, incluindo que as federações nacionais assinem o “Sydney Scorecard” – um mecanismo pelo qual as federações podem medir seu nível de equidade de gênero em suas organizações. Elas também vão ser encorajadas a assinar a Declaração “Brighton Plus Helsink”, um documento político desenvolvido pelo Grupo de Trabalho Internacional sobre Mulheres no Esporte, que é um compromisso de fazer mudanças positivas na igualdade de gênero.

Embaixadoras estão sendo convidadas a realizar torneios, fazer aparições públicas e organizar campos de treinamento em seus países de origem, na esperança de aumentar a reconhecimento das mulheres no wrestling. As embaixadoras também estarão à frente de uma próxima campanha de mídia social que visa aumentar o número de mulheres que estão sendo apresentadas ao esporte.

“A igualdade de gênero e criação de oportunidades para as mulheres atletas são princípios fundamentais do Movimento Olímpico e foram reforçados com a Agenda 2020″, disse Lalovic. ”Nós nos esforçamos para ser um líder dentro da comunidade olímpica e somos motivados pela nova abordagem e direção do COI.”

Embaixadoras da Campanha “Super 8”:

Fanny ECHEVERRY (COL) – Presidente da Federação Colombiana de Wrestling;
Edith DOCZA (ITA) – Árbitra da United World Wrestling;
Carol HUYNH (CAN) – Campeã olímpica em 2004, membro do Wrestling United World Bureau;
Helen MAROULIS (EUA) – Medalhista de prata mundial em 2012;
Sofia MATTSON (SWE) – Campeã mundial, medalhista olímpica de bronze em 2012;
Isabella SAMBOU (SEN) – Participante dos Jogos Olímpicos de 2012;
Natalia VORBEYVA (RUS) – Campeã olímpica em 2012;
Saori YOSHIDA (JPN) – Três vezes campeã olímpica, 12 vezes campeã do mundo.

Fonte: CBLA
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal