Translate

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Casa Pia ganha a sua 5ª Supertaça

João Naré ajuda a Casa Pia a ganhar ao União

A Época de 2014 iniciou-se com a disputa da Supertaça “Fernando Gaspar”, no dia 1 de Fevereiro na Salão Nobre do Grupo Sport Chinquilho Cruzeirense no Alto da Ajuda, Concelho de Lisboa, onde se opuseram o Campeão Nacional de 2013, o Clube Musical União, contra o Vencedor da Taça de Portugal, a Casa Pia Atlético Clube. 

O Salão Nobre do Grupo Sport Chinquilho Cruzeirense foi pequeno para receber mais de meia centena de apoiantes de cada uma das duas instituições em competição, apoiantes do atleta e agora treinador Hugo Passos, como a sua  Escola de Luta, como os seus colegas e amigos da Associação Portuguesa de Surdos e estiveram também, os alunos da Academia Naré Fighters a apoiar o seu Mestre, o atleta João Naré.

Compareceram também, muitos dos Dirigentes das Lutas que quiseram prestar Homenagem a Fernando Gaspar, bem como assistir à disputa deste troféu, esteve presente o Presidente da Federação, Pedro Silva, bem como os seus Vices, o Luís Catita, a Carla Amaral e o cantor João Pedro Pais, esteve também o Presidente do Chinquilho Cruzeirense o Rui Passos com a restante Direção, Presidente da Associação de Lisboa o Luís Alves, João Vitor Costa do Mundo da Luta Olímpica, entre muitas outras individualidades que gostam desta nobre modalidade olímpica.

A competição decorreu com um forte embate entre estas duas equipas, onde a Supertaça poderia decair para ambos os lados, com a disputa de um combate decisivo. O CMU apresentou a equipa Campeã Nacional, enquanto a Casa Pia apresentou o seu novo treinador. As Equipas alinharam da seguinte forma:

Clube Musical União da Associação de Lisboa
Treinador – Mário Lopes, Rui Soares
Equipa: Adrian Roman, Zoltan Scholle, João Pina, Miguel Leirão, Nélson Gonçalves e Nuno Pina

Casa Pia Atlético Clube da Associação de Lisboa
Treinador – Hugo Passos
Equipa: João Carvalho, Rúben Moniz, Hugo Passos, João Naré e João Gastão

Em termos de competição, o encontro disputou-se em duas mãos, em vertente de Livre Olímpica e em Greco Romana, com a instituição que ganhar mais combates/pontos técnicos seria a justa vencedora.

A competição iniciou-se com um 2-2, devido à Falta de Comparência (termo técnico) de um atleta em duas categorias, o União não apresentou um atleta nos 66Kg e a Casa Pia tinha o Rúben Moniz e nos 98Kg o CMU apresentou Nélson Gonçalves e o Nuno Pina sem nenhum opositor dos Gansos.

Os primeiros combates terminaram com um empate, onde à partida iria ser bastante renhido, onde o ex-internacional Romeno o Adrien Roman é muito forte em Livre e o Internacional Português o João Carvalho é igualmente forte na Greco Roman, assim cada um venceu a sua vertente e o resultado ficou 3-3.

Os próximos combates, impulsionaram a Casa Pia para a frente do marcador, já que o próximo lutador era o internacional Hugo Passos. O mesmo enfrentou os lutadores João Pina em Greco Romana e o Zoltan Scholle em Livre Olímpica, tendo este último fazer uma boa replica e feito “suar” o Tetracampeão Surdolímpico.

Com a partida a 3-5, os próximos embates teriam muita importância para definir o vencedor desta Supertaça. Foram os combates com mais emoção e onde se fez pensar que, qualquer clube poderia sair vencedor. O União apresentou o lutador Miguel Leirão, contra os Gansos João Gastão e João Naré. O primeiro combate foi ganho pelo Leirão frente ao Gastão em Greco Romana e a partida foi para os 4-5. O seguinte em Livre Olímpica, Leirão tinha que vencer o João Naré, que além desta modalidade ele é especialista em MMA (Mixed Marcial Arts) já que é lutador e em 2013, no Brasil consagrou-se Campeão InterContinental e ainda tem uma Academia intitulada por “Naré Fighters”. Este foi um dos combates mais emotivos e disputado, tendo ambos os lutadores colocando as costas do seu adversário perto do Assentamento de Espáduas, mas no final a experiência de Naré, valeu o ponto decisivo para a vitória da Casa Pia.

No final grande festa da equipa de Belém por 4-6 e assim volta a levantar a sua 5 Supertaça contra a vencedora das anteriores duas!

A Equipa de Arbitragem que orientou todos estes combates foi constituída pelos Árbitros Internacionais João Costa e Rui Marta com os Nacionais Eugénio Bernardes e Frederico Bastos.

Festa da Casa Pia AC com o seu novo Treinador Hugo Passos levado ao colo
 
Formação principal da Supertaça da Casa Pia AC
Fair-Play no final do encontro entre ambas as equipas

Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal