Translate

quarta-feira, 24 de março de 2010

Propostas de José Bastos

Para todos aqueles que gostam das Lutas Olimpicas:

Conforme certamente já constataram a nossa modalidade já passou por melhores dias, um bom exemplo são as 3 actividades do ano de 2010 (Não falo da Super Taça, pois essa é mesmo assim, duas equipas vence a melhor):

- 30 de Janeiro - Torneio Luis Vieira Caldas - Menos atletas e menos combates que no ano anterior, chegada ao Pavilhão e tapetes por montar o que levou ao atraso do inicio da prova. Não houve um unico combate de Benjamins e Infantis quer masculinos quer femininos. Nos iniciados com combates houve 2 grupos femininos e 5 grupos masculinos, mesmo assim nuns houve grande desiquilibrio (85% nos masculinos e 75% nos femininos), noutros o nivelamento foi por baixo devido ao pouco tempo de pratica da maioria dos atletas.

- 13 de Fevereiro - Torneio de Abertura da ALAL - Prova que devia envolver essencialmente os atletas que não tiveram competição na prova anterior, mas de benjamins e infantis estiveram presentes 1 benjamim e 1 infantil masculinos e nenhum feminino. Prova com um total de 25 atletas (3 femininos), houve 9 combates oficiais e 9 combates extras.

- 27 de Fevereiro - Estágio Técnico Nacional - Não tenho dados concretos pois não estive presente, mas segundo aqueles que estiveram presentes, um evento que se destinava a atletas com algum nivel, da graduação vermelha, verde, azul e castanha, estiveram presentes alguns atletas mas a grande maioria de nenhuma destas graduações, desvalorizando assim um estágio que se pretendia com outro nível e que mais uma vez com planeamento para dois dias e apenas se fez num.

Propostas que apresento e que espero sirvam de documento de discussão durante o ano de 2010 para que algo mude em 2011:

a) Extinção de um dos escalões de Formação (Infantis)

- Os Bambis mantêm-se (nascidos em 2003 e posteriores)

- Os Benjamins vão buscar um dos anos aos Infantis (nascidos em 2000, 2001 e 2002)

- Os Iniciados vão buscar um dos anos aos Infantis (nascidos em 1997, 1998 e 1999)

Objectivo: Aumentar o nº de atletas por cada escalão

b) Criação de mais um escalão de Formação (Principantes)

- Dividir os Iniciados em dois escalões dependendo não da idade, mas das suas competências.

- Principiantes os das graduações branca, amarela e laranja

- Iniciados os das graduações violeta, cinzenta e vermelha

Objectivo: Diminuir a diferença técnica entre atletas do escalão de Iniciados (escalão da formação com mais atletas actualmente)

c) Dignificação das graduações

- Todos os exames de graduações a terem de ser efectuados perante uma comissão de 4 treinadores (3 saindo o treinador do examinado)

- Entrega (pelo Clube ou FPLA) dos protectores após o exame com aproveitamento (preferencialmente também uma t-shirt)

- Aumento dos tempos de permanência e aumento da idade nalgumas graduações

- 1º exame após pelo menos 1 mês da 1ª inscrição do atleta na FPLA

- Dar equivalência a negro aos treinadores (com passado como atletas)

Objectivo: Aproveitar as graduações como motivação para os atletas, criando dias especificos para a realização dos exames onde os familiares os possam ver, impedir os exames fantasmas de atletas recem entrados na modalidade.

d) Criação de um calendário tendo em conta não só as idades mas também as competências

- Ter todos os meses pelo menos uma prova (excepto férias - Julho, Agosto e Setembro)

- Dividir as provas em 4 tipos:

-- Estágios Técnico-Competitivos (destinados sómente a atletas das graduações branca, amarela e laranja)(divididos em 3 fases: estágio de graduações, exames de graduação, combates)(Para os combates criar grupos com o máximo de 3 atletas e só com um combate em grupos de 2 atletas)

-- Compeonatos Nacionais (competições destinadas apenas aos atletas mais velhos (Cadetes, Júniores e Séniores complementadas com os Iniciados com maior nível, os de graduação violeta e superior)) a realizar nas manhãs de Domingo e complementadas com estágios técnicos e exames de graduação na tarde de Sábado.

-- Aniversários das Associações (destinados a todos os atletas de graduação amarela e superior)

-- Taça FPLA (destinada a todos os atletas de graduação amarela e superior), não contando para o Ranking Nacional, prova festa de encerramento da época, onde seriam entregues todos os prémios referentes ao ano corrente (Mini Lutador do Ano, Melhores do Ano, Campeões Nacionais de Equipas)

Objectivo: Criar provas especificas para os atletas em inicio de carreira, onde possam estagiar com os restantes colegas, onde possam fazer os exames de graduação e onde ao fim do dia possam fazer um ou dois combates.

Aproveitar as grandes provas nacionais para promover estágios de graduações para os atletas com mais competências, podendo aproveitar essa tarde para estágios de arbitragem para que na manhã seguintes estejam os mais competentes (atletas e árbitros). Podem haver menos combates da formação, mas de certeza que terão um nível superior.

e) Organização de provas

Todas as provas deveriam poder ser organizadas quer por Clubes, quer por Associações quer pela FPLA.

Dando prioridade aos 1ºs na escolha das provas a organizar, não havendo nenhum Clube a querer organizar uma prova seriam as Associações a concorrer e não havendo nenhuma Associação a querer organizar seria então a FPLA a organizar a prova.

Em caso de igualdade:

- Melhores condições oferecidas

- Mais tempo sem organizar prova identica

- Maior nº de atletas inscritos

- Mais antiga na modalidade

Ver exemplo de Mapa: https://mail.google.com/mail/?ui=2&ik=baea62ad8c&view=att&th=1278ad8eb332c965&attid=0.1&disp=vah&zw

Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal