Translate

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

A ADoP anuncia segunda etapa



O Passaporte Biológico consiste numa estratégia inovadora no âmbito da luta contra a dopagem no desporto, visando dissuadir os praticantes desportivos da utilização de substâncias e métodos dopantes para o incremento do transporte de oxigénio. Concluída já em 2009, a primeira etapa da implementação desta nova estratégia pela ADoP, que consistiu na acreditação do Laboratório de Análises de Dopagem (LAD) para a realização de análises relativas ao perfil hematológico dos praticantes desportivos, a ADoP procede actualmente à implementação da segunda etapa, que passa pela recolha de amostras de sangue a praticantes desportivos de diversas modalidades.

Encontra-se agora disponível na área dedicada à luta contra a dopagem no desporto do sítio internet do Instituto do Desporto de Portugal diversa informação relativa ao Passaporte Biológico, que pode ser visualizada em www.idesporto.pt/conteudo.aspx?id=81&idMenu=7


A breve prazo, serão desencadeadas a terceira e a quarta etapas, que consistirão respectivamente na criação de uma base de dados para registo dos perfis hematológicos dos praticantes desportivos, após obtenção da necessária autorização da Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD) e na possibilidade de utilizar perfis anómalos como base para o sancionamento de praticantes desportivos.

Fonte: Instituto do Desporto de Portugal, I. P. (website)
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal