Translate

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

3 combates de MMA no XI Heavy Klash 2016

XI Heavy Klash - Cage Edition 2016



Grande Gala de K1, Muay Thai, Kick Boxing e de MMA, intitulada por Heavy Klash - Cage Edition, que o Pavilhão do Almada Atlético Clube recebeu no inicio de Dezembro.

Equipa de Arbitragem e Médica da CAPMMA presente em Almada. Foto: B&A 


Pavilhão lotado para assistirem a um Fight Card de 16 combates em quatro Desportos de Combate, que estavam em exposição naquela noite, num evento organizado pela Team NeverShake.

Mais uma vez, a homologação do Mixed Martial Arts foi feita pela Federação Portuguesa de Lutas Amadoras com a sua Comissão Atlética Portuguesa de Mixed Martial Arts (CAPMMA). Neste evento estavam contemplados 5 combates, sendo um de Profissional, que a ser realizado era o primeiro em Portugal em Femininos. Foram apenas realizados 3 combates de MMA, tendo a Equipa Oficial de Arbitragem e certificada para arbitrar estes combates, a ajuizar os mesmos.

Mais uma vez, a Equipa de Arbitragem foi composta pelos Árbitros Carlos "Goshi" Nunes e pelo João Vitor Costa e pelos Juízes Alexandre Santos, Rúben Rocha, Bruno Moreira e Ricardo Godinho, liderados pelo Árbitro Internacional Paulo De Oliveira.

De salientar que Paulo De Oliveira esteve em acção na semana que antecedeu este encontro no Open Europeu em Praga - Republica Checa organizado pela IMMAF - Internacional Mixed Marcial Arts Federations e em questão de dias, no evento Brave no Bahrein, um pequeno estado insular do Golfo Pérsico.

Em primeiro lugar foram realizados as outras disciplinas de combate, deixando o MMA para o fim. O INFORMMA, um blog que o MLO colabora sobre esta modalidade, dá os destaque às incríveis batalhas entre Luís Africano da ZFortes contra Rodnald Santos Team NeverShake - Almada/Portugal e de Gonçalo Faria da Nevershake contra Emanuel Reis da Fight Fit. Também para o excelente medium kick de Rubén Evora contra Valeri Odintsov, o super KO de Yuri Ceta frente a Olavio Lopes e da excelente performance de Bruno Santos da DinaMite Team contra Flávio Mezei da Evora Team.

Já no MMA, os combates e os combates, foram assim registados:

Combate 1: Categoria de Middleweight (-84kg)
Milton Monteiro vs Elton Silva
Vencedor por TKO no 3º Round - Milton Monteiro

Combate 2: Categoria de Bantamweight (-61kg)
Moreno Hortinha (100% MT) vs Rui Andrade (PGT)
Vencedor por Triângulo de Pernas - Submissão no 1º Round - Moreno Hortinha

Combate 3: Categoria de Middleweight (-84kg)
Ricardo Soares (Geovannis) vs Daniel Neves (Fighters Inside)
Vencedor por Decisão Unânime - Ricardo Soares

O XI Heavy Klash concretizou, respeitou e preconizou todos os standards da CAPMMA, a representante em Portugal da IMMAF - International Mixed Martial Arts Federations.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Sapo e União colonizam Braga

Sapo e União conquistam Braga a Espanha


Pelo segundo ano consecutivo que esta competição era dominada pelos clubes espanhóis, mas desta vez venceram as equipas de Portugal, o Casal de Sapo e o União. Na 24 vez, a Associação de Lutas Amadoras de Braga organizou o Torneio de Comemoração da sua fundação como promotora da modalidade na região de Braga, sendo intitulado por Grand Slam de Braga é uma das maiores competições em Portugal que tem uma grande participação e competividade de âmbito internacional.

Fotos dos grandes vencedores por equipas. Foto: Casal do Sapo e União


A ALAB foi presenteada com a presença de 11 clubes, sendo 3 da vizinha Espanha. De Lisboa deslocaram-se a Casa Pia Atlético Clube, o Clube Musical União, a Junta de Freguesia de Casal de Cambra e o Sport Lisboa e Benfica. De Setúbal marcaram presença o Clube de Lutas do Bastos e o Grupo Desportivo Cultural Casal do Sapo. De bem perto de Braga, o Porto marcou presença com o seu único clube o Áltis Clube de Paredes. De Espanha estiveram presentes o Club Cidade Vigo, o Club Lucha Sabaris e o Club Gladiador. Da associação anfitriã estava presente a Casa do Povo de Martim.

A Equipa de Arbitragem que orientou todos os combates foi composta pelos Árbitros Internacionais João Costa, Rui Marta, Leonel Pedro e pelo recente internacional, o Frederico Bastos. E pelos Nacionais Eugénio Bernardes, João Vitor Costa, Carlos Nunes, Carlos Araújo, Pedro Alves, Liliana Santos e pelo ainda Regional, Pedro Bastos.

Com grandes e disputados combates, no final vencedores foram:

Benjamins
Femininos: G1 - Erica Costa da da Casa Pia AC; G2 - Márcia Simões da Casa Pia AC; G3 - Mariana Dias da Casa Pia AC;
Masculinos: G1 - Abel Surdu de CLC Vigo; G2 - David Kodakov do Gladiador; G3 - Denis Kodakov do Gladiador; G4 - Luís Inácio da Casa Pia AC;

Infantis
Femininos: G1 - Dara Sobral do CM União; G2 - Sara Garcia do CV Vigo; G3 - Margarida Rodrigues do CL Bastos;
Masculinos: G1 - Anxo Luis do CL Sabaris; G2 - Diogo Silva do CL Bastos; G3 - Bruno Silva do CM União; G4 - Paulo Rodrigues do CM União; G5 - Nelson Sobral do CM União;

Iniciados
Femininos: G1 - Viviana Barros do CM União; G2 - Paula Rodrigues do CC Vigo; G3 - Eduarda Miranda do CL Bastos;
Masculinos: G1 - João Caldas do GDC Casal do Sapo; G2 - Miguel Santos do CP Martim; G3 - Diogo Canilhas do CL Bastos; G4 - Christian Barros do CL Sabaris;

Cadetes
Femininos: 49Kg - Sofia Costa do Altis CP; 52Kg - Beatriz Santos do SL Benfica; 60Kg - Ana Andrade do Altis CP;
Masculinos: 58Kg - André Silva do GDC Casal do Sapo; 63Kg - Diego Miguez do CL Sabaris; 69Kg - Daniel Caldas do GDC Casal do Sapo; 76Kg - Samuel Barbosa do Altis CP; 100Kg - Leandro Luís do CP Martim;

Absolutas
Femininos: 48Kg - Cristina Pereira CLC Vigo;
Masculinos: 66Kg - Yuriy Kytaev do CC Vigo; 75Kg - Pedro Caldas do GDC Casal do Sapo; 85Kg - Lurii Latsyk da JF Casal de Cambra; 98Kg - Reginaldo Santos da JF Casal de Cambra; 130Kg - Luís Varela da JF Casal de Cambra.

No final, em termos de classificações por equipas, ficaram assim ordenados:
Nos femininos a vitória foi do Clube Musical União, seguido da Casa Pia Atlético Clube e a fechar o pódio o Club Ciudad Vigo. Já nos Masculinos, a vitória foi do Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo, seguido do vencedor dos femininos o União e a terminar com o CC Vigo.

Histórico da Taça ALAB
Grand Slam

2016
Masculinos: Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo
Femininos: Clube Musical União

2015
Masculinos: Club Loita El Castro
Femininos: Club Loita El Castro
Juventude: Casa Pia Atlético Clube

2014
Masculinos: Casa Pia Atlético Clube
Femininos: Club Loita El Castro

2013
Masculinos: Sport Lisboa e Benfica
Femininos: Sport Lisboa e Benfica

2012
Sem informação;

2011
Masculinos: Clube Musical União
Femininos: Sociedade Recreativa da Baixa da Serra

2010
Masculinos: Casa Pia Atlético Clube
Femininos: Clube de Lutas do Bastos

2009
Masculinos: Casa Pia Atlético Clube
Femininos: Clube de Lutas do Bastos

2008
Masculinos: Sociedade Recreativa da Baixa da Serra
Femininos: Sociedade Recreativa da Baixa da Serra

Total de Taças
Casa Pia Atlético Clube - 4
Sociedade Recreativa da Baixa da Serra - 3
Club Loita El Castro - 3
Clube de Lutas do Bastos - 2
Sport Lisboa e Benfica - 2
Clube Musical União - 2
Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo - 1

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Mouraria graduou 17 lutadores

Carlos Goshi Westling Team em graduações


Foto de grupo deste evento de Graduações na Mouraria. Foto: Iñigo Sánchez 
A escola de Lutas "Carlos Goshi Westling Team" no Grupo Desportivo da Mouraria, realizou um evento de Graduações.

O Presidente da Federação Portuguesa de Lutas Amadoras o Prof. Pedro Silva marcou presença em Mouraria para validar as avaliações mais altas do Sistema Nacional de Graduações.

O Treinador Carlos "Goshi" Nunes em conjunto com o Presidente realizaram 17 exames de passagem para as novas graduações.

Assim os novos graduados da Mouraria, são:

1ª Graduação - Amarela
 Ana Jesus
Diogo Jesus
Guilherme Antunes
Francisco Castro
Carolina Henriques
Cláudio Dias

2ª Graduação - Laranja
Iúri Costa
Ruben Costa
Guilherme Castro
Gustavo Fernandes
Simão Fernandes

4ª Graduação - Cinzento
Ricardo Figueiredo
Ricardo Leitão

7ª Graduação - Azul
 Nuno Fernandes
Sónia Brázio
Bruno "Tchola" Borges
Ralph Galasso

domingo, 4 de dezembro de 2016

XI Heavy Klash - Cage Edition 2016




Almada recebe domingo o Heavy Klash 11, com lutas de MMA, K1 e Muay Thai

A Team Nevershake vai trazer até Almada um ringue e um octogono para uma tarde/noite com 18 lutas, entre combates de MMA, K1 e Muay Thai. O Heavy Klash 11 terá lugar no Campo do Pragal, em Almada, na margem sul do Tejo. Vão estar presentes mais de uma dezena de academias, com um combate de MMA feminino confirmado no cartaz.

Está lançado o alinhamento para o evento que decorre já este domingo em Almada, o Heavy Klash 11. Retomando a tradição dos eventos com a sigla HK, na procura de novos talentos nacionais, a Team Nevershake compôs um cartaz com 18 lutas. Vão haver cinco combates de MMA, quatro de Kickboxing (permitidos socos e pontapés), quatro de Muay Thai (permitidos joelhos e cotovelos) e cinco de K1 (são permitidos joelhos).

A ação terá inicio às 17h, com um combate de Muay Thai entre André Faria e Lerrani Furtado. Com muitos atletas jovens e promissores presentes em competição, o destaque vai para a luta entre Nuno Flamino da Team Nevershake contra Renato Costa da Arrifes Kickboxing, pelo título WKU Kickboxing Portugal.

Nos combates de MMA, que tem inicio previsto para as 21h, estará presente Milton Monteiro da MFT, que fez parte da seleção portuguesa de MMA amador presente no Mundial da IMMAF em Las Vegas. Vai enfrentar na categoria de Middleweight, Elton Silva da Fighters Inside. Noutro duelo entre a academia MFT e Fighters Inside, vão estar frente a frente Pedro Pereira contra Miguel Manzopo num combate a menos de 75kgs. Na categoria de Peso Galo vão medir forças Moreno Hortinha da 100% MT contra Rui Andrade da Portugal Gold Team. No último combate de MMA masculino, Ricardo Soares da Geovannis enfrenta da Daniel Neves da Fighters Inside. O quinto duelo vai opor duas senhoras, Rita Pereira da MFT contra a Elizabeth Rodrigues da PGT. Será a última luta do evento, marcada para as 22h num horário naturalmente sujeito a alteração.

O evento terá lugar no Pavilhão do Almada Atlético Clube.

Fonte: INFORMMA

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Décimo primeiro Pódio WAS 2016

Décimo primeiro Pódio WAS 2016


O Pódio WAS de Novembro dá destaque ao Prémio de Mérito Desportivo da Confederação Portuguesa do Desporto, aos medalhados no Mediterrâneo e a três instituições por diferentes motivos. 

Ouro
Prata
Bronze

Contagem de 2016
Doce Lar Personalidade All Star

Casa Pia Atlético Clube (3x Ouro)
Daniel Caldas (2x Ouro; 1x Prata; 1x Bronze)
Liliana Santos (2x Ouro; 1x Prata)
Federação Portuguesa de Lutas Amadoras (1x Ouro; 2x Prata)
Grupo Desportivo e Cultural do Casal do Sapo (1x Ouro; 2x Bronze)
João Vítor Costa (1x Ouro; 1x Bronze)
Luís Fontes (1x Ouro; 1x Bronze)
United World Wrestling (Ouro)
Comité Olímpico de Portugal (Ouro)
Reginaldo Santos (Ouro)
Pedro Caldas (2x Prata; 1x Bronze)
Hugo Passos (2x Prata)
Pedro Silva (1x Prata; 2x Bronze)
Matilde Viana (1x Prata; 1x Bronze)
Carlos Nunes (1x Prata; 1x Bronze)
Vânia Guerreiro (Prata)
Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal (Prata)
Paulo Martins (Prata)
Samuel Pedro (Prata)
Bruno Borges (Prata)
Rui Silva (Prata)
Paulo Leão (Prata)
Associação de Lutas Amadoras do Distrito de Setúbal (Prata)
Clube Musical União (Prata)
Sport Lisboa e Benfica (Prata)
António Cabral (Prata)
Casa do Povo de Martim (2x Bronze)
Grupo Desportivo da Mouraria (2x Bronze)
Ginásio Atlético Clube (Bronze)
André Silva (Bronze)
Fábio Severino (Bronze)
Samuel Barbosa (Bronze)
Sofia Costa (Bronze)
Ana Andrade (Bronze)
Pedro Bastos (Bronze)
David Maia (Bronze)
Club Cuidad Vigo (Bronze)

Parceiro 


Contagem Total 
(serve só para estatística)
Desde Janeiro de 2015

Casa Pia Atlético Clube (5x Ouro; 2x Prata)
Liliana Santos (4x Ouro; 3x Prata)
Vânia Guerreiro (4x Ouro; 2x Prata) - Personalidade 2015
Hugo Passos (3x Ouro; 2x Prata)
Luís Fontes (3x Ouro; 1x Bronze)
Daniel Caldas (2x Ouro; 2x Prata; 3x Bronze)
United World Wrestling (2x Ouro; 1x Prata)
Pedro Caldas (1x Ouro; 3x Prata; 1x Bronze)
Grupo Desportivo e Cultural Casal do Sapo (1x Ouro; 2x Prata; 3x Bronze)
Federação Portuguesa de Lutas Amadoras (1x Ouro; 2x Prata)
Pedro Silva (1x Ouro; 1x Prata; 2x Bronze)
Zurab Bekauri (1x Ouro; 1x Prata)
João Vitor Costa (1x Ouro; 1x Bronze)
Reginaldo Santos (1x Ouro; 1x Bronze)
João Carvalho (Ouro)
Nenad Lalovic (Ouro)
Comité Olímpico de Portugal (Ouro)
David Maia (1x Prata; 3x Bronze)
Matilde Viana (1x Prata; 1x Bronze)
Associação de Lutas Amadoras do Distrito de Setúbal (1x Prata; 1x Bronze)
Carlos Nunes (1x Prata; 1x Bronze)
Cheila Maria (Prata)
João Pina (Prata)
Associação Portuguesa de Ciências de Combate (Prata)
Associação de Lutas Amadoras de Braga (Prata)
Associação de Paralisia Cerebral de Almada Seixal (Prata)
Paulo Martins (Prata)
Samuel Pedro (Prata) 
Bruno Borges (Prata) 
Rui Silva (Prata) 
Paulo Leão (Prata)
Clube Musical União (Prata)
Sport Lisboa e Benfica (Prata)
António Cabral (Prata)
André Silva (2x Bronze)
Casa do Povo de Martim (2x Bronze)
Grupo Desportivo da Mouraria (2x Bronze)
Luís Barneto (Bronze)
Cláudia Martins (Bronze)
Diogo Merca (Bronze)
Clube de Lutas do Bastos (Bronze)
Inês Oliveira (Bronze)
João Caldas (Bronze)
Miguel Santos (Bronze)
Ginásio Atlético Clube (Bronze)
Fábio Severino (Bronze)
Samuel Barbosa (Bronze)
Sofia Costa (Bronze)
Ana Andrade (Bronze) 
Pedro Bastos (Bronze)
Club Ciudad Vigo (Bronze)

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Milton Mateus perde por Decisão dos Juízes no Open Europeu2016

Decisão favorável ao russo Ziaad elimina Milton Mateus do Open em Praga


O combate foi a decisão depois de três rounds na Cage 1 em Praga. Os juízes acabaram por considerar o russo Ziaad Sadaily vencedor, por decisão unânime.

Vista geral do Open Europeu de MMA em Praga. Foto: IMMAF

Milton Mateus tinha passado a esta fase do torneio depois de ficar isento na primeira ronda. Ziiad vinha para a sua segunda luta do torneio depois de ter derrotado o espanhol Alvaro Goméz Alarcon com uma guilhotina no primeiro assalto em menos de um minuto.

Mateus estava a fazer o seu terceiro torneio internacional, depois de ter participado no Open Europeu em Birmingham no ano passado e no Mundial de Las Vegas em Julho. Em Portugal está invicto com um recorde de 3-0, enquanto lá fora ficou por duas vezes atrás nos cartões dos juízes. A primeira vez contra o mais experiente italiano Asterio Luchesini, na altura a lutar como Middleweight (-84kgs) e depois com o irlandês Marcin Zembala já como Welterweight.

Comunicado de Luis Barneto, presidente executivo da Capmma - Comissão Atlética Portuguesa de Mixed Martial Arts, após a luta de Milton Mateus contra o azeri, naturalizado russo, Ziiad Sadaily: "O Milton esteve muito bem, procurou aplicar o plano contra um atleta muito forte a derrubar e manter pressao, e até esteve perto de finalizar com uma chave de braço no segundo round. No entanto, o russo conseguiu passar muio tempo a controlar e acabou por vencer na decisão. Estou muito satisfeito com o momento evolutivo do Milton, está precisamente onde deveria estar neste momento, e o futuro é animador. Obrigado a todos pelo apoio. Amanhã começam os treinos, mesmo aqui. Não há tempo a perder nem algo a lamentar."

Todos os vencedores deste Open

Peso Palha feminino (-52kgs)
OURO: Aleksandra Toncheva (Bulgária)
Prata: Raluca Dinescu (Roménia)

Peso Mosca feminino (-57kgs)
OURO: Alexandra Kovacs (Hungria)
Prata: Gabriella Ringbloom (Suécia)

Peso Galo feminino (-61kgs)
OURO: Cornelia Holm (Suécia) 
Prata: Camilla Mannes (Noruega)

Peso Pena feminino (-65kgs)
OURO: Joanne Doyle (Reino Unido)
Prata: Julia Dorny (Alemanha)

Peso Leve feminino (-70kgs)
OURO: Helin Paara (Estónia)
Prata: Kertuu Kouki (Finlândia)

Peso Mosca masculino (-57kgs)
OURO: Serdar Atlas (Suécia)
Prata: Dave Fogarty (Irlanda)

Peso Galo masculino (-61kgs)
OURO: Renato Vidovic (Suécia)
Prata: Marco Zannetti (Itália)

Peso Pena masculino (-66kgs)
OURO: Daniel Schalander (Suécia) 
Prata: Michele Martignoni (Itália)

Peso Leve masculino (-70kgs)
OURO: Ferdun Osmanov (Bulgária)
Prata: Lee Hammond (Irlanda)

Peso Meio-Médio masculino (-77kgs)
OURO: Nikolay Nikolo (Bulgária)
Prata: Gianluigi Ventoruzzo (Itália)

Peso Médio masculino (-84kgs)
OURO: Rostem "Kurdimus Prime" Akman (Suécia)
Prata: Valeri Atasanov (Bulgária)

Peso Meio Pesado masculino (-93kgs)
OURO: Egil Hjordisarson (Islândia)
Prata: Pawel Zakrzewski (Polónia)

Peso Pesado masculino (-120kgs)
OURO: Daniel Galabarov (Bulgária)
Prata: Irman Smajic (Suécia)

Peso Super Pesado masculino (+120kgs)
OURO: Atanas Krastanov (Bulgária)
Prata: Mattias Anttila (Finlândia)

Medalhas de Ouro:
. Bulgária - 5
. Suécia - 5
. Islândia - 1
. Hungria - 1
. Grã-Bretanha - 1
. Estónia - 1

Fonte: INFORMMA
Foto: IMMAF

terça-feira, 29 de novembro de 2016

Martim em 8º lugar em Espanha

IX Torneo Internacional Ayuntamiento de Barakaldo


A Casa do Povo de Martim, participou no “IX Torneo Internacional Ayuntamiento de Barakaldo” que se realizou no Polidesportivo Municipal de Lasesarre de Barakaldo em Espanha.

Neste evento participaram 15 clubes de três Países, Espanha, Portugal e França.

Martim alcançou o posto de 8°lugar por equipas e uma Medalha de Ouro nos resultados individuais. O medalhista foi o lutador Leandro Ferreira na categoria dos 96kg em Júnior, os restantes atletas, o Miguel Santos, o Luís Dixe e o José Silva não chegaram às medalhas.

Para o Treinador Carlos Rodrigues, foi "Uma ótima experiência para a nossa equipa. Na bagagem levamos a experiência de um Torneio muito competitivo. Afirma que todos os lutadores, "Honraram o emblema aos fazerem grandes combates em categorias fortes e com muitos atletas."

Foto da Equipa de Barcelos participante no Torneio em Espanha. Foto: CPM

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Treinadores e Lutadores vão assinar declarações de AntiDopagem

Declaração AntiDopagem Treinador-Atleta


O Instituto Português do Desporto e Juventude, o Plano Nacional de Ética no Desporto, a ADOP e a Confederação de Treinadores de Portugal com o intuito pedagógico de luta contra a dopagem, assinaram a 24 de outubro no IPDJ um “Memorando de Entendimento”.



A cerimónia, que pretende assinalar esta nova parceria da Confederação de Treinadores de Portugal na luta contra a dopagem, teve como momento alto a apresentação da “Declaração Antidopagem Treinador-Atleta” onde o treinador Nuno Delgado e a atleta Joana Ramos ambos assinaram a declaração num ato simbólico em representação das suas classes.

Gostaríamos de contar com todas as Associações de Treinadores, Federações e demais organizações desportivas no apoio da divulgação desta Declaração junto dos atletas e treinadores, agradecendo antecipadamente o apoio.

A Confederação de Treinadores de Portugal agradece igualmente aos seus parceiros a presença no evento e possivel divulgação desta iniciativa.

O memorando de entendimento visa servir de base para o estabelecimento de uma parceria entre o IPDJ, a Confederação de Treinadores de Portugal e a ADOP para a promoção da Ética Desportiva, a luta contra a dopagem em todos os eventos, ações, atividades e iniciativas organizadas pela Confederação de Treinadores de Portugal.

Consulte aqui o Memorando de entendimento IPDJ - PNED - ADOP - Confederação de Treinadores de Portugal

Consulte aqui o Declaração Antidopagem Treinador-Atleta



Fonte: Treinadores
Foto: Treinadores

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Susana Novo é Campeã do Mundo em Pancrácio

Susana Novo conquista Título Mundial de Pankration


Quatro anos após a última participação, a Selecção Nacional de Pankration voltou a competir numa prova internacional. Susana Novo trouxe o título mundial para Portugal.

Participantes Portugueses no Campeonato do Mundo de Pancrácio

Representada por cinco atletas da Associação Mirandelense de Artes Orientais (AMAO), a equipa das quinas, treinada pelo também mirandelense Jesus Novo, trouxe cinco medalhas – uma de ouro, duas de prata e duas de bronze – do Campeonato do Mundo realizado em Itália, no passado fim-de-semana.

O destaque vai para Susana Novo. A atleta, natural de Mirandela, sagrou-se campeã do mundo de pankration.

Jornalista: Susana Madureira
Foto: Jornal Nordeste

terça-feira, 22 de novembro de 2016

Prata e Bronze no Mediterrâneo 2016

Campeonato do Mediterrâneo 2016


A Seleção Nacional de Portugal de Greco Romana participou pela quarta vez no Campeonato do Mediterrâneo, organizado pelo Comité do Mediterrâneo de Lutas Associadas em Madrid - Espanha, numa competição que cada vez mais está a atrair adeptos e grandes lutadores, que querem obter este título no seu currículo.

Comitiva Portuguesa em Espanha no Campeonato do Mediterrâneo 2016 Foto: Júlio Caldas

Uma vez mais, Portugal participou no Campeonato do Mediterrâneo, mas desta com uma pequena comitiva, que continha uma surpresa e algumas ausências. As grandes ausências, foi da bi-campeã desta competição a Liliana Santos e da tri-campeã a Vânia Guerreiro, perante a surpresa da convocatória que foi o Rui Silva, que após ausência de mais de 10 anos, volta para ser um exemplo para todos, de motivação, empenho, dedicação e amor pela modalidade e que quando se tem um sonho, deve-se correr atrás dele. De recordar que Rui Silva, no inicio do século foi um lutador que alcançou um 23º no Campeonato da Europa em Murska Sobota uma cidade da Eslovênia. Liliana não esteve como lutadora, mas marcou presença para dar força a todo a Seleção.

Assim, chefiados pelo Presidente da Federação, o Professor Pedro Silva e orientados pelo Mestre Luís Fontes, obtiveram os seguintes resultados.

Na categoria de Juniores - 55kg, esteve o André Silva, classificando-se em 7º Lugar, tendo efetuado um combate nos quartos de final e perdido aos pontos pelo parcial de 10-5, frente ao que viria a vencer a categoria, o Servo Sebastian Kolompar. Este lutador tem no currículo um 7º lugar no Campeonato do Mundo em 2015 e agora é bi-campeão do Mediterrâneo.

António Cabral na categoria de Juniores - 60Kg, arrecadou a medalha de Prata, ficando no pódio rodeado por lutadores da Espanha. No seu primeiro combate, perde frente ao que viria vencer a categoria, o Jose Soler por Superioridade de 12 a 2, o segundo combate viria a ganhar pot Superioridade de 12-2 ao Pablo Vila.

Na categoria de Juniores - 66kg, tivemos os irmãos Caldas, que chegaram mesmo a defrontar-se e perderam ambos com o Argelino Ghilas Saadoudi. O primeiro a enfrentar o Argelino foi o irmão mais velho o Júnior Pedro Caldas, que nos Quartos de final perde por Superioridade de 10-0. Assim o Argelino passa para a Semi-final, onde estava o Cadetes Daniel Caldas, que ficou isento da fase anterior, perde também por Superioridade de 8-0. Assim o Ghilas Saadoudique estava na final, faz com que o Pedro acaba-se por ser repescado e encontrar o derrotado da semi final, que era o seu irmão Daniel. O combate entre ambos também terminou por Superioridade de 8-0, mas vencido pelo Pedro Caldas, mostrando que o posto de mais velho ainda prevalece. Pedro arrecadou a medalha de bronze e o Daniel classificou-se em 5º. Fica para a história este dado inédito, onde dois irmão se defrontaram por uma medalha, em uma competição internacional da supervisionada pela United World Wrestling.

Irmão Caldas defrontam-se por uma Medalha de Bronze no Mediterrâneo. Foto: Dora Oliveira


Nos 84kg esteve o Reginaldo Santos, o medalhista de bronze do ano passado, teve diferente sorte este ano, terminando na quinta posição da tabela, perdendo 3 combates e vencendo um. Os quatro combates perdidos terminaram por Superioridade, frente ao Campeão da categoria o Grego Nikitas Efstratios ficou 8-0, contra o vice Campeão o Francês Gaston Chapuis foi 10-2, frente ao Georgios Tsiakaras da Grécia ficou 11-2. O combate vencido foi por Assentamento de Espáduas, foi ao lutador da casa o Espanhol Samuel Dominguez.

Nos Seniores o único representante foi o Rui Silva que recordou o que é estar em representação nacional e numa competição de alta competição, tendo se classificado em 4º lugar. O vencedor desta categoria foi o Argelino Ghilas Saadoudi, sim o mesmo que venceu os irmãos Caldas. Rui Silva perdeu os seus combates, 2 por Assentamento e outro por Superioridade. Com o Campeão, perdeu por Superioridade, pela máxima da modalidade perdeu com o Servo Tamas Nadj, 5º lugar no Europeu de Sub23 no ano passado e perdeu também com o Grego Vassilios Dermatas.

Com estes resultados, terminou mais uma participação de portugal e que acrescenta mais duas medalhas, ficando com um total de 16 (6 Ouros, 4 Pratas, 6 Bronzes).

Destaque para os Árbitros Internacionais, que estiveram muito ativos em cima dos tapetes, foram eles, o João Costa, Rui Marta e Leonel Pedro. Não nós foi possível confirmar com rigor, mas João Carlos Costa recebeu um prémio no decorrer da competição.

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

2016 European Open Championships Amateur MMA


Seleção Nacional

A Seleção Nacional de Portugal de Mixed Martial Arts vai participar no European Open Championships de MMA Amador em Praga - República Checa nos próximos dias de 22 a 29 de Novembro, competição organizada pe International Mixed Martial Arts Federation, a Federação Internacional da modalidade.

A delegação portuguesa é assim composta:

Seleção Nacional 

70kg - Gonçalo Formiga representa Team Tora Sesimbra (Dispensado por Lesão)

77kg - Milton Mateus representa a Academia Unlimited 

Selecionador Nacional

Mestre Luís Barneto

Dirigente 

?

Árbitro

Paulo de Oliveira

Site Oficial


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Blogs de Portugal